AMAZON TESTA DELIVERY DE KITS PARA QUEM QUER COZINHAR (MAS TEM PREGUIÇA)

Eu não sou fã de cozinhar. Sempre prometo que vou aprender e praticar, mas sempre acabo recorrendo a alguma alternativa — congelados, delivery, comer fora. Para preguiçosos como eu, existe um meio-termo na forma de kits de refeição: uma caixa com os ingredientes na medida certa para preparar uma receita, entregue na casa do cliente.

Este é um mercado em crescimento nos EUA. A Blue Apron atua no setor desde 2012 e estreou em junho na bolsa de valores, após arrecadar US$ 200 milhões de investidores. E a Amazon já testa um serviço semelhante, chamado Meal Kits.

O engenheiro de sistemas Josh Chadd conta ao Geekwire que vem comprando Meal Kits há algumas semanas; ele mora em Seattle, onde fica a sede da Amazon. Os kits servem duas pessoas e custam entre US$ 16 e US$ 20.

Chadd experimentou o steak au poivre. A caixa vem com um flat iron steak (segundo corte mais macio do boi, depois do filé mignon), cebola pré-cortada, ervilhas frescas, e uma pimenta em grão “que eu nunca vi em outro serviço semelhante”, diz ele.

A Amazon atualmente oferece 17 refeições diferentes, incluindo tacos, frango assado com molho de cogumelo, hambúrguer vegetariano, e hambúrguer de carne de boi Wagyu com bacon.

Isso parece ser mais do que um teste. Este mês, a empresa solicitou a marca registradapara o termo Meal Kits, abrangendo “kits de alimentos preparados compostos de carne, aves, peixes, frutos do mar, frutas e/ou vegetais… prontos para cozinhar e montar”.

No mesmo dia em que isso foi noticiado, as ações da Blue Apron — que agora está na mira da Amazon — despencaram 11%. Ela vende kits que custam a partir de US$ 9 por porção.

A Amazon tem fortes aspirações de se tornar um supermercado. Recentemente, ela comprou a Whole Foods, uma rede de lojas de alimentos orgânicos, por US$ 13,7 bilhões. O AmazonFresh — serviço de entrega de produtos perecíveis, frutas e vegetais — vem se expandindo para mais cidades; ele está disponível nos EUA, Europa e Japão.

E o Amazon Go, lançado este ano em Seattle, é uma loja em que você passa seu celular na entrada, pega o que quiser e vai embora; tudo é cobrado automaticamente na sua conta da Amazon. Agora, ela também prepara kits de comida para entregar em casa, ideal para preguiçosos como eu.

Com informações: GeekwireEngadget.

Tecnocast 069 – As lojas físicas vão morrer?

No primeiro semestre de 2017, foram fechadas o triplo de lojas físicas do que no mesmo período do ano passado, segundo dados do Credit Suisse para o mercado americano. É a segunda pior marca da história, atrás apenas do recorde de 2008, ano de crise econômica.

Fonte: Tecnoblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s